Vídeo publicado em 20/05/2019 • Ji-Paraná

Campanha contra exploração sexual de crianças tem apoio de maratonistas

 

 

Com o objetivo de mobilizar a sociedade para combater o abuso e a exploração sexual de crianças e adolescentes, a Prefeitura de Ji-Paraná, por meio da Secretaria Municipal de Assistência Social e Secretaria de Esportes e Turismo, realizou no último domingo (19), a primeira corrida Faça Bonito que contou com a participação de mais de 500 participantes, nas modalidades masculino, feminino e maratoninha, que é destinada às crianças.

Os atletas fizeram um percurso de cinco quilômetros percorrendo ruas e avenidas do centro  da cidade  e do bairro 2 de abril com a chegada e largada no ginásio de esportes Gerivaldão, onde todos os corredores receberam camisas, medalhas pela participação e os três primeiros lugares de cada modalidade receberam troféus.

A corrida Faça Bonito marcou o encerramento de uma série de atividades realizadas neste mês de maio, coordenadas pelo Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e pelo Serviço de Proteção e Atendimento Especializado a Família e Indivíduos (PAEFI), com palestras e mobilizações nas escolas, universidades e órgãos públicos visando a conscientização e informando como denunciar os agressores, por meio do disk 100, linha telefônica exclusiva para o combate ao abuso e exploração sexual.

O principal objetivo da campanha é fazer com que as famílias consigam evitar ou identificar o problema, massificando informações que podem contribuir para lidar com este tipo de crime. Este ano, a coordenação da Campanha, ampliou o leque de envolvimento social incluindo ações esportivas como forma de difundir as mensagens da campanha.

Para a secretária municipal de esporte e turismo, Seloi Totti, a violência contra crianças e adolescentes é um problema sério que requer a união de forças. “O esporte pode contribuir muito. Não há outro modo de avançarmos contra a exploração sexual, senão com a conscientização e apoio de todos”, comentou Seloi. 

A coordenadora da Campanha, Glécia Ranne Alves, explicou que a violência sexual praticada contra a criança e adolescente ocorrem por vários fatores de risco e vulnerabilidade e estão inseridos em diversos contextos como relações de geração, de gênero, de raça/etnia, de orientação sexual, de classe social e de condições econômicas.

“É importante para a família da vítima saber identificar este tipo de violência e tratar de forma adequada para evitar traumas e problemas psicológicos na vida adulta. Uma das orientações  é a observância comportamental dos filhos dentro de casa.  As crianças e adolescentes que sofrem o abuso sexual apresentam características em seu comportamento, podendo se tornar violentos, extremamente submissos, apresentar amadurecimento sexual precoce, demonstrar certo repúdio quanto a cenas de sexo e carícias, entre outras características”, informou Grécia. 

A Campanha Faça Bonito que já está em sua décima edição conta com a parceria de todos os órgãos do Poder Judiciário, Policia Civil, Policia Federal, Policia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Unimed, Hospital Candido Rondon, Sicoob, Boticário, Jicred, Eucatur, e as instituições de ensino: Unijipa, Unir, Ifro e as escolas municipais e estaduais.


-- 


Atenciosamente,
Assessoria de Comunicação
Prefeitura de Ji-Paraná
(069) 3423-1213

 

Outras Fotos

VEJA TAMBÉM

Você também pode se interessar por esses vídeos relacionados

 

16/06/2019 • Ji-Paraná

Ônibus com 30 passageiros capota em ribanceira da BR-364

16/06/2019 • Ji-Paraná

CMDCA divulga relação dos candidatos ao Conselho Tutelar

14/06/2019 • Ji-Paraná

Prefeitura realiza reparo e adequação em calçadas e estacion...

13/06/2019 • Ji-Paraná

Inscrições para eleição do Conselho Municipal de Saúde encer...

12/06/2019 • Ji-Paraná

Ruas de Ji-Paraná começam a receber faixas elevadas

Envie sua Sugestão

©Copyright 2014 - Todos direitos reservados a www.webcactv.com.br

Netmidia - Soluções Digitais